Pedro Chaves pilotou carros de Ralicross

Na manhã do passado domingo, Pedro Matos Chaves esteve no Circuito do Alto do Roçário, em Server do Vouga, a experimentar vários veículos de Ralicross.


"Gostei muto desta experiência, pois era um tipo de carros que nunca tinha conduzido", referiu Pedro Matos Chaves, depois de ter pilotado dois carros, um kartcross e um camião.
Interessante foi o facto da presença de muitas pessoas que se dirigiram ao Alto do Roçário, para apreciarem este ensaio, protagonizado por Pedro Chaves. E não saíram defraudadas, pois o ex-piloto de Fórmula 1 deu várias voltas ao traçado severense, sempre a imprimir um ritmo bem forte. Fosse no Peugeot 207 S1600, com que iniciou esta sessão, ou fosse com o Renault Clio SuperCar, com 500 cavalos de potência e com um binário impressionante. O mesmo aconteceu, quando do kartcross e do camião. Com veículos tão diversos, era de realçar a rapidez com que Pedro Chaves adaptava a sua condução, tanto ao pequeno kartcross, como ao enorme camião.
"É um carro muito interessante de pilotar", referiu o piloto portuense ao sair do Peugeot 207 S1600, disponibilizado por Da Luz Developpement e que estava a receber a assistência da DriveTech
Quando saiu do SuperCar, igualmente do luso-francês Da Luz, Matos Chaves só disse. "É brutal, conduzir um carro destes. Ficava aqui até amanhã, se fosse possível".
Depois, enquanto era feita uma pequena revisão ao Clio, pois ele já tinha rodado várias voltas, foi a vez do kartcross. Este um ASK na nova equipa de Nuno Bastos. Meio a sério, meio a brincar, desta vez "Petó" Chaves disse, quando saiu do pequeno bólide. "Quanto custa um brinquedo deste? Dá muito gozo conduzi-lo"
Para estar completa esta experiência, faltava um camião. Foi a vez da Reboconort, de Eduardo Rodrigues, disponibilizar a máquina. Como não estava em Sever do Vouga nenhum dos MAN, foi com um camião Scania, o do jovem José Eduardo, que a experiência se efetuou. E, mais uma vez Pedro Chaves demonstrou os seus excelentes dotes de piloto.
"Nunca pensei pilotar um camião destes. Foi uma surpresa, pois pensei que fosse um pouco mais difícil. Claro que nunca cheguei ao limites, pois é aí que está a dificuldade e isso obriga a uma certa habituação". Mais uma máquina, pilotada por Pedro Chaves, mais umas palavras de muito agrado.
Terminada esta experiência, era notória a satisfação de Matos Chaves. Gostou e quer voltar. Esperemos que em breve surja outra oportunidade. Quem sabe, até, se um convite de alguma equipa, para o ex-piloto de Fórmula 1, pilotar um carro numa corrida de Ralicross.

Pedro Matos Chaves ao volante do camião de corrida

José Da Luz, Pedro Ribeiro, Pedro Matos Chaves e Olavo Ribeiro

Pedro Chaves a pilotar o SuperCar de Ralicross

Apresentada nova equipa de Kartcross
Aproveitando a presença de alguns meio de comunicação social, o piloto severense, de Kartcross, Nuno Bastos, aproveitou esta deixa e apresentou a sua nova equipa. Uma equipa que tem o apoio do Vouga Sport Clube e que tem como pilotos o referido Nuno Bastos, o atual vice-Campeão da modalidade e António Brás, um piloto de Perícia Automóvel.
A nova equipa chama-se Vouga Sport Team e os seus pilotos vão participar com kartcrosses da marca ASK.
Nuno Bastos vai competir com um novo carro, que deverá estar pronto dentro de poucos dias. Altura em que serão iniciados os testes, deste modelo da ASK.
Já António Brás. irá alinhar com o ASK com que Nuno Bastos participou na época passada.
De referi que Pedro Chaves apadrinhou este novo team, ao posar no meio da equipa. Uma fotografia que, seguramente, os pilotos do Vouga Sport Team vão guardar religiosamente.

Pedro Chaves com os pilotos da nova equipa - António Brás e Nuno Bastos